Cap. 116: Doris, Mateus e Téo saem da Mata e se encontram com sua família

No capítulo da novela Cúmplices de um Resgate do dia 11 de janeiro, segunda-feira, as crianças acabam se separando. Isabela, que está fingindo ser Manuela, fica com os irmãos Vaz enquanto que as outras crianças retornam para o vilarejo dos sonhos.

Sabrina acaba se algemando com Omar para que ele também não desapareça. O menino fica muito irritado com a atitude de Sabrina e pede para ela o soltar, mas ela acaba esquecendo onde deixou a chave. Safira vai até a mansão de Regina e ordena que Priscila volte para sua casa imediatamente.

Capítulo 116 Cúmplices Resgate

Doris, Mateus e Téo saem da Mata e se encontram com sua família

Logo que consegue sair da mata, Mateus encontra um orelhão e acaba fazendo um telefonema para Clara. Ao ouvir a voz dos filhos Clara começa a chorar aliviada. Clara e Luiz ligam então para Fiorina e Giuseppe, que também ficam felizes ao saber que os filhos estão bem.

Todos do Vilarejo vão buscar as crianças. Depois de receber as fotos enviadas por Priscila, Joaquim fica bastante irritado. Safira acaba tendo uma discussão com sua filha Priscila. Meire e Dinho começam a ficar desesperados ao perceberem que estão perdidos e sozinhos no meio da mata.

Navarro e Vargas acabam escutando os pedidos de socorro de Meire. Fortunato manda sua filha Safira ir embora de sua casa.

LEIA TAMBÉM:

Os guardas aparecem sem roupas e Meire acaba pedindo ajuda para eles que acabam revelando que alguns bandidos roubaram as suas vestimentas. Téo, Dóris e Mateus se encontram com seus pais enquanto que Meire e Dinho enfim conseguem sair da Mata.

Assistir Capítulo 116 de Cúmplices de um Resgate

Principais cenas deste capítulo