Cap. 154: Joaquim fica na dúvida se deve se declarar para Manuela

No capítulo de quinta-feira, dia 3 de março, da novela Cúmplices de um Resgate do SBT, Safira decide ir embora antes do jantar, mas mesmo assim Priscila fica feliz em passar algum tempo ao lado de sua mãe. Priscila vai até uma das suas redes sociais e posta que teve um dos dias mais felizes de sua vida. Rebeca começa a fazer uma oração para Manuela sem saber que é Isabela. Regina decide dificultar ainda mais a vida de Manuela e Isabela e colocar grades nas janelas da mansão.

Lurdinha recebe um ramalhete de flores, mas sem nenhum cartão. Frederico diz para Lurdinha que foi ele quem enviou as flores e que não mandou um cartão pois queria pedir desculpas para ela pessoalmente. Ela entrega flores para Frederico e pede para ele ir para sua mesa e levar as flores junto. Safira vai conversar com Otávio e pede que ele dê um aumento salarial para Tomas.

Capítulo 154 Cúmplices Resgate

Joaquim fica na dúvida se deve se declarar para Manuela

Atendendo ao pedido do pai, Omar decide ir para a igreja trabalhar como coroinha. O padre conversa com Omar e diz que ele precisa ter bastante cuidado. Para ficar perto de Omar, Sabrina também decide ir para a igreja.

Joaquim vai conversar com Manuela, mas está na m dúvida se faz a declaração para ela novamente. Manuela conversa com Joaquim e diz que deu um abraço em seu amigo Téo e revela que ele é um amigo muito especial. Joaquim fica com um pouco de ciúmes e resolve não fazer outra declaração.

Todos vão até a igreja do vilarejo e o padre Lutero dedica toda a missa para que se Fiorina se recupere. Enquanto os integrantes da banda C1R ensaiam Arthur interrompe e diz que Regina é a nova assessora de imprensa da banda.

Omar acaba se descuidando, tropeça e derruba vinho em sua roupa. Omar fica revoltado com a situação e resolve ir embora da igreja enquanto que o padre vai atrás dele.

Capítulo 154 de Cúmplices de um Resgate

Comments

  1. By Rebeca